Trabalhadores e empregadores: vamos lutar pela vida e se conscientizar quanto aos riscos de acidente no trabalho criando juntos uma defesa do trabalho decente, seguro e saudável.

Para se ter uma ideia, segundo a ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho), que atua como entidade representativa da Medicina do Trabalho, no Brasil um acidente acontece a cada 48 segundos sendo que a cada 3h38 um trabalhador perde a vida.

Com isso, vemos que é necessário desenvolver projetos, monitorar os programas e políticas públicas, mapeando de todas as formas as irregularidades nos ambientes de trabalho em todo o Brasil.

Afinal, além das vidas salvas, destaque-se que a produtividade será diretamente afetada positivamente reduzindo inclusive, os custos.

Obviamente que uma área tão delicada que trata diretamente de vidas é monitorada por Normas Regulamentadora (NR), decretos e portarias.

Obedecer lei significa salvar vidas, reduzir as licenças médicas e os acidentes, conduzindo um controle rígido das normas de prevenção ao passo que investe constantemente no ambiente de trabalho.

 

Fonte: https://abelcostaadv.jusbrasil.com.br/noticias/837484111/seguranca-e-saude-no-trabalho?ref=feed